Papo sério

Purpurina brasileira

October 2, 2009

Neguim só desce a lenha no Brasil. Todos os outros países do mundo são melhores do que o Brasil, que só “os envergonha” por causa de ab-so-lu-ta-men-te tudo. Todos os outros povos são mais bonitos, interessantes e melhor educados do que nós. Ok. Aí chega a Copa do Mundo e as Olimpíadas e esse bando de hipócritas do caramba de repente se transformam nos maiores patriotas da paróquia. Eu não acredito em país perfeito e tento ser realista tanto quanto ao Brasil quanto aos EUA. Da mesma forma, sempre tento ver o que cada um tem de bom. Porque assim como os EUA não são nada perfeitos, o Brasil não pode ser essa bosta toda que alguns acham que ele é. 

Brasileiro não tem nenhuma auto-estima. Os EUA têm lá seus problemas mas você nunca vai encontrar um americano escondendo a cara de vergonha por causa do rap que trata mulher como vagabunda, das guerras insanas nas quais os americanos se metem por razões injustificáveis, dos concursos abjetos de beleza que tentam transformar meninas de 6 anos em putas de 30 (vale a pena ler o post da Tati sobre este tema), dos shooters e dos serial killers. Os brasileiros acham que a cultura brasileira é sempre inferior a de outros países. Qual a diferença entre as dançarinas seminuas do rap americano para as mulheres-fruta brasileiras? Mas para os brasileiros as nossas mulheres são sempre mais devassas e o povo dos nossos guetos mais bandido.

Já ouvi gente lamentando que o Halloween não faz sucesso no Brasil. E o nosso Cosme e Damião? Era uma festa bonitinha,  a criançada gostava. Ninguém comemora mais. Perdeu-se no tempo, no descaso e na falta de memória dos brasileiros. Quis mostrar uma festa junina pro meu marido, mas não encontrei nenhuma pra levá-lo. É uma pena que estejamos sempre tentando copiar a cultura dos outros países. Cacete, como comparar culturas? Como dizer qual cultura é mais legal do que a outra ou qual povo é melhor?

Resumindo, tem uma cambada de hipócritas por aí que acha que tudo no Brasil é podre, que a cultura de outros países é mais bonita e mais legal do que a nossa, mas posam de patriotas e vão pras ruas vestidos de verde e amarelo, cantando e dançando as mesmas músicas que em outros momentos eles adoram dizer que os envergonham e festejar a conquista de um evento que por mais importante e bonito que seja funciona para a grande massa como a única possibilidade de ter sua auto-estima elevada. Purpurina.

You Might Also Like

  • Bia Mendonça October 2, 2009 at 11:12 PM

    Eliane, primeiramente eu gostaria de dizer que: amoooo o seu jeito de escrever!! Suas palavras tem tanto sentimento! Eu adoro quem escreve assim!

    Agora sobre o post… concordo com todas as suas observações. Nós (brasileiros) temos o pessimo costume de denegrir nosso país, exaltar apenas as coisas ruins, o que tem vergonha. Eu acho que o Brasil tem mil coisas erradas, mas não deixo nenhum gringo idiota vir falar nada, pq telhado de vidro todo mundo tem (os exemplos que vc citou dos EUA, foram perfeitos)!

    Todo país tem seu lado bom e sei lado ruim. Uma vez, um colega do curso de alemão, me mostrou um email (ele imprimiu) de 2 paginas, frente e verso, escrito por uma holandesa, que exaltava tudo o que o Brasil tem de bom, comparando com outros países que são chamados de 1o Mundo, Desenvolvidos…

    bjs

  • Anathalia October 3, 2009 at 1:47 AM

    Eu também não dou a mínima pra Olímpiadas e nem que elas acontecesse aqui do lado da minha casa eu não ia assistir… Pra você ter uma idéia eu nem sabia que o Rio estava concorrendo e nem sabia que a Copa também vai ser lá. I really don't care!

    Mas deixa, o povo precisa mesmo de pão e circo…

  • Mariana October 3, 2009 at 8:06 PM

    Oi, Eliane,

    eu lembro de que esse sentimento de auto estima dos brasileiros me incomodava um pouco quando eu morava no BR. Agora morando no exterior eu vejo que me incomoda mais…ja ateh me perguntei se nao tem estudos, sociologicamente falando, deste comportamento. Vai ter baixo estima assim na casa do caramba. Quando eu comento isso, gente ja veio ateh mim dizer que como sou de classe privilegiada etc (branca, hetero, classe media) eu vejo as coisas (esses fenomenos) de uma outra otica. Claro que isso eh puro precoceito. Basta um pouquinho de um olhar mais atento para qualquer brasuca perceber o quao eh ridiculo eh nossa falta de auto estima…Seu texto ta muito bom. Nao sei se vc tem Twiter (eu nao tenho) mas uma amiga tava comentando das piadas 'pos-decisao do Rio sediar as Olimpiadas'…ela disse que parece uma tentativa de um povo rir de si mesmo mas NAO! eh soh uma maquiagem para nao revelar o que realmente ta por tras da tentativa de fazer rir: baixo auto estima.

  • Larissa, Lara, Lalá, .... October 6, 2009 at 5:17 PM

    Eliane!!!!! vai ser no RIO!!! nao se preocupe com as Olimpiadas!!! eu adorava o dia de Cosme e Damiao!!!!!!! bem lembrado … beijos

  • Lúcia Soares October 21, 2009 at 4:30 PM

    Oi, Eliane. Leio seus comentários no blog da Elianne e vim ler você hoje, 21 de outubro. Li tudo e me emocionei. Tenho idade pra ser sua mãe e pensei que você podia ser uma das minhas filhas, dando seu grito de tristeza. Não fique assim. Quem nos ama verdadeiramente não nos julga. Não se entristeça por pessoas que certamente não valem a pena. Seja sempre você. E não se preocupe com sua bipolaridade. Ando pensando que em maior ou menor grau todos somos bipolares. Faça seu tratamento, cuide-se, não pense que seus filhos poderão herdar sua doença. Antes, pense que se Deus colocar alguém pra você cuidar, vai ser porque sabe que você pode.
    Pela sua foto, você é uma menina linda, escreve muito bem, tem um potencial maravilhoso, é bem amada, pelos pais e pelo homem que a encantou, pelos sogros, irmãos…"só isso" já não é bom demais?
    O resto das pessoas são "o resto". Fique apenas com as que a entendem e admiram. Pode crer que há muito de inveja aí, pela sua vida.
    Sabe que aqui temos a Tok Stok , que pelo que vejo, é mais ou menos como a Ikea. E eu também não gosto dela, os móveis não têm qualidade 100% mas ela é famosa e vende bem. E daí? Compra quem quer…
    Fica bem, viu?
    E volte a blogar. Vai lhe fazer bem. Seja você mesma, sempre. Beijos de uma pessoa que nem lhe conhece, mas que, como mãe, sentiu um carinho enorme por você.
    Sei que vai dar a volta por cima e vai esquecer que existe depressão na vida. Você tem tantas bençãos! Pense nisso!

  • BIPOLARBRASIL October 26, 2009 at 10:44 PM

    Parabéns pelo post. Você escreve muito bem! Eu gostaria de segui-lá e acompanhar suas reflexões, mas por algum motivo no seu blog não tem aqueles "botãozinhos", sabe? De qualquer maneira o coloquei em meus favoritos. Abs

  • Feisty Eli October 28, 2009 at 9:29 PM

    Oi, BipolarBrasil, obrigada. Eu já devia ter incluído os ícones aos quais você se refere mas nunca lembro. Fui visitar seu site e fiquei encantada com o conteúdo, com a proposta. Vou passar a segui-lo. Abraço

  • Si Hüneburg November 16, 2010 at 9:59 PM

    Ahhhh a minha mae faz todos os anos a festinha de cosme e damiao…e até hoje na rua em que os meus pais moram, muitos moradores acendem fogueira nas noites de sao joao e de sao pedro e essa festa continua firme forte por lá…sim sou do nordeste oras!!!

    • Feisty Eli November 16, 2010 at 10:02 PM

      Si, que bacana que na sua cidade os moradores ainda se empenham em manter nossas tradiçoes. Eu acho uma pena que na maioria das regioes brasileiras isso nao se faz mais. Eu amava as festinhas de comes e damiao. Que lindo que sua mae ainda celebra essa data! O nordeste é show, por isso as tradiçoes sobrevivem mais tempo por aí. Beijo e obrigada pela visita

  • Si Hüneburg November 17, 2010 at 10:57 AM

    Sim, sim, eu tb gosto muito disso.Nao abro mao de passar as férias em junho/julho lá (moro na Alemanha) justamente para estar presente nessas datas…Ahhh minha mae faz questao de fazer bolo de milho (vcs falam fubá né?) canjica, pamonha, arroz-doce,assar milho a fogueira, soltar fogos…ai ai, sinceramente, voltei praticamente amarrada depois dessas férias ;=(
    Depois vou comentar outros posts…gostei mt do blog!Bjs pra vc tb!!!

    • Feisty Eli November 17, 2010 at 5:27 PM

      A gente fala tanto bolo de milho quanto de fuba. Acho que no sul/sudeste, de onde venho, eles sao diferentes. O bolo de milho é feito do milho verde e o de fuba do fuba de milho. Acho que é isso, nao sei, so sei que adoro ambos. hahahaha