Americanices Festas

Esculpindo abóboras

November 1, 2009

O processo de carving pumpkins (esculpir abóboras), uma tradição do Halloween norte-americano, costuma envolver a família toda por aqui e é bem divertido para as crianças. Abaixo uma demonstração básica do processo seguido pelo maridex para esculpir nossas abóboras, com ilustrações do passo a passo.

1. Cubra uma superfície sólida com papel ou jornal e retire cuidadosamente o topo da abóbora com uma faca.

2. Remova todas as sementes e fibras da abóbora.


3. As sementes podem ser tostadas no forno e comidas como snacks ou appetizers.

4. Use de criatividade na hora de esculpir sua abóbora para obter um resultado assustador, engraçado ou mesmo uma caricatura. Na internet há modelos prontos que você pode copiar usando estêncil.

5. O toque final fica por conta de pequenas velas que devem ser colocadas no interior da abóbora e acesas na noite de Halloween. O efeito é bem divertido e faz a alegria da criançada.
Last but not least, as tradicionais pumpkins podem ser compradas tanto nos supermercados quanto nos coloridos Pumpkin patches, mas evite deixar para o último minuto a aquisição das suas ou você irá encontrar apenas peças pequenas e feias. Se onde você mora faz calor, deixe para esculpir suas abóboras na véspera do Halloween, para evitar que elas estraguem.

You Might Also Like

  • Bia Mendonça November 1, 2009 at 1:00 PM

    Eu queria muito ter feito pelo menos uma pequenininha aqui, mas as aboboras são meio caras. Vi uma há umas semanas atrás, era meio gradinha, e custava 14 Francos! O que é mais ou menos uns 12 dolares!

    A de vcs ficou muito legal, Eli! Gostei do site que dá pra achar vários modelos, vou salvar pra o dia que eu finalmente puder fazer uma abobora!

    bjs

  • Anathalia November 1, 2009 at 4:28 PM

    Ficou ótima a abóbora do seu marido!

    Eu acho as sementes de abóbora tostadas uma delícia! Você vai fazer?

    Beijinhos!

  • Elianne Goff November 2, 2009 at 2:26 AM

    Legal , Eliane , tambem estamos preparando as sementes para serem tostadas , ainda nao sei como e o gosto mais parece que vai ficar bom
    o Brian disse parecer com certos tipos de nuts , vamos ver !? ….

  • afevaiprosstates November 2, 2009 at 2:55 PM

    Pois é, eu e o Jay nos enrolamos tanto com os eventos familiares do casamento do irmão dele que não deu tempo… Não passamos os últimos 3 finais de semana aqui, acredita? Mas ano que vem vou pendurar abóboras, esculpir abóboras, plantas abóboras e até mesmo me fantasiar de abóbora no Halloween, hahahahahaha!
    As suas ficaram liiiiindas!!! Parabéns!!!
    Beijão!

  • Lúcia Soares November 2, 2009 at 3:46 PM

    Oi, Eliane. Por aí é mesmo uma baita festa, heim? Aqui no Brasil muita gente já incorporou a festa do Halloween, mas eu acho esquisito. É uma tradição daí, não tem anda a ver com o Brasil. A não ser a parte de se fantasiar, da alegria, da solidariedade com as crianças…Enfim, comemora quem quer, né? Bj

  • Patrícia November 2, 2009 at 4:49 PM

    Adorei a abóbora! Ano passado James queria tostar as sementes mas fiz cara de nojo e ele acabou desistindo… Eu sei que é ignorância minha, mas comer semente não me atrai.

  • camila November 2, 2009 at 8:20 PM

    Que legal!! ficaram lindas! Acredita que eu nunca fiz aqui? So quando morava no Canada…
    Eu amo semente de abobora torrada…

    Voces tiveram muitas criancas na vizinhanca trick or treating?

  • Fernanda November 3, 2009 at 12:49 AM

    Eliane, as aboboras ficaram uma gracinha! A gente aqui nunca comemorou halloween tbm. Achei mto legal seu marido tomar a iniciativa, e a criancada fantasiada eh a coisa mais fofa neh? Minhas duas sobrinhas vieram aqui fantasiadas de bruxinha e abelha, coisas mais fofas!
    Beijinhos!

  • Georgia November 3, 2009 at 8:57 AM

    Eliane, abóbora aqui em casa é só para comermos e umas pequenininhas para enfeitar a porta da casa.

    Boa semana

  • Larissa, Lara, Lalá, .... November 4, 2009 at 7:15 PM

    Elianne, Adorei … pena que aqui nao tem fama … fala-se em halloween, mas so' isso. Minha cunhada que mora ai' nos EUA e tem 5 filhos que curte bem o dia, os filhos dela se fantasiam e saem na rua com um baldinho-abobora, muito bonitinho!!!! Beijos

  • Feisty Eli November 5, 2009 at 12:19 AM

    Bia: os suiços comemoram o Halloween também?

    Anathalia e Elianne: obrigada. Nunca experimentei as sementes não, e não foi desta vez. Acabamos jogando as sementes fora porque meu marido não sabe usar o forno e eu fiquei desanimada. Mas tô pensando em fazer a próxima vez que eu ficar abóbora japonesa aqui em casa. O gosto deve ser o mesmo, né?

    Fe: obrigada. Também não celebrei meu primeiro Halloween nos EUA. Ano que vem vocês fazem. É divertido.

    Lúcia: penso como você. Acho uma gracinha, uma festa animada, mas para os EUA. Não entendo muito essa mania do Brasil de querer copiar as tradições de outros países em vez de valorizar as dele próprias.

    Patrícia: não acho ignorância sua não, todos nós temos coisas que nunca comemos nem queremos experimentar. Eu adoro sementes em geral. Semente de girassol tostada é uma delícia, sabia? rs

    Camila: veio a criançada toda. Foi bem movimentado aqui. Bonitinhos demais.

    Fernanda: percebi que tem muita gente que não comemora o Halloween. Ouvi dizer que anos atrás era algo que contaminava a todos. Agora nao mais. Muitas pessoas ainda celebram, mas menos do que antigamente. Sua sobrinhas devem ter ficado fofas. Essa foi a parte que mais me encantou, ver as fantasias da criançada.

    Georgia: aqui em casa também é só pra comer – aliás, adoro. Nunca tínhamos comemorado o Halloween antes, nem meu marido. Este ano foi a primeira vez de nós dois.

    Larissa: mas na Espanha deve haver outras tradições bacanas que também não tem aqui nem no Brasil. Com 5 filhos a festa deve ser boa, né? Uma fofura ver as crianças fantasiadas. A gente comprou baldinho também.

    Beijos a todos

  • Colhendo amoras, maçã e abóboras - Brasileira em Ann Arbor October 6, 2015 at 11:20 PM

    […] de os meninos nascerem costumávamos comprar as abóboras no supermercado e as esculpíamos em casa. Agora, não temos mais tempo nem saco para essa firula toda, então as abóboras vão […]