Imigração

Burocracia italiana

September 2, 2011

Esta é para quem, como eu, sempre reclama do USCIS. Podia ser bem pior, meninas, podia ser a Imigração Italiana.

Um ano atrás meu marido foi ao Consulado Italiano em Detroit renovar o passaporte dele e quebrou a cara. Lá foi informado de que como o estado civil dele havia mudado desde a última renovação ele teria de apresentar a nossa certidão de casamento traduzida para o italiano para que esta se efetivasse. Quando ele voltou com a certidão foi informado de que não poderia renovar o passaporte porque nosso casamento aconteceu no Brasil e por isso a renovação teria de ser feita por lá.

Ele informou que não era brasileiro, mas eles disseram que essa era a regra e o processo de renovação do passaporte dele foi enviado para o Vice-Consulado Italiano no ES, onde casamos, para a apreciação deles. Os meses passaram e nada de passaporte renovado. Ele ligou para o Consulado Italiano em Detroit e a agente disse que do ES o processo iria para ratificação em Roma e de Roma seria enviado de volta para Detroit, que isso demorava mesmo e que não era para ele ficar ligando mais para eles. Dá para acreditar numa coisa dessas?

Mais meses de uma espera infinita e marido resolveu ligar novamente para eles. De acordo com a agente, o processo ainda está no Brasil, foi do ES para o RJ e lá deve estar sentado sobre uma pilha enorme de papéis que eles não se importam de checar. A mulher disse que agora o processo do meu marido está por conta do Consulado Italiano no RJ e que eles aqui em Detroit não tem mais nada a ver com isso. A cada pergunta que ele fazia a agente respondia, impaciente, que não sabia de nada e que era para ele perguntar ao Consulado no RJ.

O mais hilário de tudo: ela pediu de novo para ele não ligar mais para eles e que o processo todo geralmente demora um ano. Marido então me pediu para ligar para o Consulado Italiano no RJ para ver a quantas anda o processo dele, mas já tentei várias vezes e os filhos da puta sempre me fazem esperar 20 minutos na linha, uma mulher mal-humorada atende, pergunta em italiano o que eu quero, eu explico e peço para falar com alguém em português, ela me pede para esperar em um português impecável e é quando a ligação convenientemente cai. Já até decorei a sequência.

Se a filha da puta fala português por que me pede para esperar que vai transferir a ligação para outra pessoa? Desisti e aceitei que meu marido vai ter de esperar séculos para renovar o passaporte dele. Por que estou preocupada? Não estou, é só que é um direito dele e por isso a situação toda é absolutamente inaceitável! Em outubro fará um ano que ele iniciou esse processo e agora não conseguimos sequer saber onde está o processo dele neste momento: Rio? Roma? É ridículo que estejamos falando da simples renovação de um passaporte.

Ele quer que o Oliver tenha a cidadania italiana, o que de acordo com a agente preguiçosa aqui de Detroit é algo simples de se conseguir já que o pai é cidadão italiano e o estado civil dele não importa em nada para esse fim. Mesmo assim, ele queria resolver essa situação logo para ficar com tudo certinho. É um direito dele! Entendemos as regras burocráticas deles, mas qual a justificativa para toda essa demora e má vontade em nos atender?

Diz meu marido que se até o mês que vem essa situação não estiver resolvida vai escrever uma carta para o congressista dele, que representa a comunidade italiana nos EUA, reclamando. Aí vamos ver se o Consulado Italiano em Detroit não vai mexer o traseiro deles e resolver essa situação ridícula.

You Might Also Like

  • Pipa/Andie September 2, 2011 at 6:08 PM

    Eli, minha sogra que era filha de italiana, dizia que a burocracia espalhada pelo mundo veio através dos italianos hahaha. Quando contei a ela um pouco da história do Brasil e da migração de italianos ela perguntou: – Seu país é um país burocrático? Tem problema de desvio de verbas e outras falcatruas? Eu bem inocente respondi que sim e ela mandou na lata minha filha isso veio da Itália! rsrsrs Que me desculpem os descendentes de italianos, mas minha sogra que amava a Itália e desde criança passava meses de férias por lá, sempre fazia piada com essa situação!

    • Feisty Eli September 2, 2011 at 11:43 PM

      Sua sogra estava certa. Na verdade, a burocracia é uma praga presente no sistema de praticamente todos os países latinos. É uma coisa impressionante. E quando você vai a Itália você fica dividida: tanta beleza circundada e ofuscada por serviços que não funcionam, ineficiência e um governo corrupto cujo congresso se preocupa mais com os casos do primeiro-ministro do que com as universidades sucateadas e a economia em bancarrota. Eu amo a Itália, a cultura, a comida, mas essa situação toda com a imigração é irritante demais.

  • Monique September 2, 2011 at 7:32 PM

    Eliane, burocracia já é uma droga, imagina aliada a falta de vontade. Olha eu já passei apertos nesse consulado italiano aqui no RJ, minha vó é italiana e eu já tentei a cidadania, além do processo demorado e chato, ainda tem o problema da desinformação e falta de vontade de trabalhar deles, fora que te tratam como se tivessem fazendo favor. Seu marido está certíssimo em reclamar, senão vão ficar enrolando ele a vida toda com isso, e direito é direito.
    Beijinhos e boa sorte por ai!!

    • Feisty Eli September 2, 2011 at 11:59 PM

      É, tenho amigos que também reclamaram da demora para conseguir a cidadania. Tudo na Itália/relacionado com a Itália é essa burocracia e ineficiência impressionantes. Como li certa vez, a Itália, ao lado de Portugal, Espanha e Grécia são o terceiro mundo da europa. hahahaha… Mas é linda, né, a gente até esquece essas merdas todas quando está nesses lugares porque todos são lindos, cheios de história e cultura. Nem tudo é perfeito nem horrível num país ou cultura. No caso do meu marido ele só quer renovar o passaporte, então não entendo essa demora. Dá nos nervos. Obrigada, linda! Beijo

  • Bia September 2, 2011 at 11:21 PM

    Eli, fala para ele escrever essa carta logo, nem esperar mais um minuto… ele já tá esperando a tanto tempo. Não tem nem cabimento uma coisa dessas, é uma falta de respeito sem tamanho!

    • Feisty Eli September 3, 2011 at 12:00 AM

      Já falei, Bia, ele disse que do mês que vem não passa. Fosse eu já teria escrito desde o ano passado, mas ele é bem mais paciente do que eu. hehehe

  • Helen September 2, 2011 at 11:58 PM

    Nossa, mas que coisa impressionante! Esse tipo de burocracia é uma palhaçada, né? Dá muita raiva…muita falta de respeito com o cidadão. Sem querer ser negativa (mas sendo um pouco) será que eles não perderam a certidão de casamento nessa história toda (sei lá, eu não levo fé que 1 documento saia dos EUA, vá para ES, e ainda chegue no Rio…ainda menos nas mãos dos italianos, que são uma verdadeira zona…não é à toa que a Itália está desse jeito hoje…)
    Será que não tem como vocês pegarem um marriage certificate americano e darem entrada nesse processo do passaporte (voltando para estaca 0) aqui mesmo não? Será que seria mais rápido?
    Espero que vocês consigam resolver isso logo…
    Beijinhos e happy labor day!

    • Feisty Eli September 3, 2011 at 1:10 AM

      Oi, Helen, na verdade, foi exatamente isso que a gente fez, ir ao consulado italiano em Detroit, que e onde meu marido sempre renovou o passaporte dele, mas de la o processo foi enviado ao BR porque essas sao as regras dele, porque casamos no BR, a gente nao tem poder de escolha. Eles nao tem nossa certidao de casamento original, tem uma copia autenticada, traduzida para o italiano, que e outra exigencia deles. Nao temos como recomecar o processo do zero porque ele ja esta em andamento. A unica coisa que a agente em Detroit confirmou e que o processo dele foi do consulado do ES para o do RJ. Queremos saber agora se do RJ ja foi pra Roma mas eles nao sabem de nada aqui em Detroit e no RJ nem me atendem. E um absurdo. O jeito vai ser apelar pra intervencao do congressista que representa a comunidade italiana mesmo. Cruze os dedos pra funcionar desta vez. Um beijo

  • Fernanda September 3, 2011 at 8:48 PM

    Nossa, alem da demora, o desaforo. Insuportavel! Isso eh um direito do seu marido, agora imagina se ele realmente tivesse precisado nesse um ano (se eh que nao precisou?). Espero que essa carta resolva essa situacao ridicula de uma vez por todas. Abracos!

    • Feisty Eli September 5, 2011 at 12:39 AM

      Fe, ele queria ter usado ano passado durante nossa viagem a Italia, mas foi com o passaporte americano mesmo por causa do problema com o passaporte europeu. Ridiculo mesmo, ne? Dedinhos cruzados pra carta agilizar o processo dele.

  • Aline September 4, 2011 at 2:01 AM

    Eli, um absurdo, impressionante a falta de consideração com o próximo, vcs nãoe stáo pedindo nada extra, apenas algo que é direito do F. É vergonhoso o descaso!! Boa sorte, e espero que vcs consigam resolver isso o quanto antes! Bjuss

    • Feisty Eli September 5, 2011 at 12:38 AM

      E, dá muita raiva mesmo. O negocio e convencer o marido a escrever a tal carta pro congressista dele. Eu ja teria escrito umas 5…rs

  • Tania September 5, 2011 at 11:48 PM

    Eliane,
    Posso estar falando besteira,mas não seria o caso de contratar um despachante aquí no Brasil para ele saber o que está acontecendo e tentar resolver?Esse pessoal tem entrada fácil dentro de Consulados principalmente.Meu marido,o pai é português,só conseguiu resolver de pois de tratar com despachante,ficou quase 1 ano,até que de tanto eu falar resolveram contratar um depachante!
    bjs

    • Feisty Eli September 6, 2011 at 1:03 AM

      Oi, Tania, nem tinha pensado nisso. Vai que é uma ideia, viu? Mas acho que como o processo dele todo foi feito por aqui e a única relação com o Brasil que ele tem é por mim, acho que vale a pena tentar resolver por aqui mesmo antes, com a carta ao congressista dele. Mas vou mencionar sua sugestão pra ele, pra ver o que ele acha. A questão toda é que é só a renovação de um passaporte, ele nem brasileiro é e só estão exigindo isso porque casamos no Brasil e eu sou brasileira. Dá nos nervos, viu? Obrigada pela sugestão, linda. Beijo

  • Barbarella September 15, 2011 at 8:34 PM

    Desorganizado, bagunçado, burocrático… tudo muito a cara dos italianos…! Tomara que vocês tenham uma surpresa agradável ao descobrir que o processo está caminhando! =)

    • Feisty Eli September 15, 2011 at 11:16 PM

      A Itália tem seus podres, mas a comida e a cultura são demais, né? rs… Marido até agora nada de escrever pro congressista dele. Quero ver no que vai dar quando ele for lá no consulado tirar o passaporte do Oliver. Nem vou me intrometer mais. rs