Dominic Family Oliver

Primeiro dia de aula

October 6, 2015

O ano letivo por aqui começa no mês de setembro, logo depois do Dia do Trabalho, que nos EUA é celebrado na primeira segunda-feira do mês de setembro. Depois de um intenso e divertido verão, foi bom ver os meninos irem para a escola e retomarem a rotina deles. Para o Oliver, era o início do segundo ano da pré-escola. Para o Dominic, o primeiro.

IMG_1119

Ficamos mais ansiosos em mandar o Dominic para a escola que o Oliver. Quando o Oliver começou, no ano passado, eu chorei por semanas a fio, achando que eu não ia aguentar ficar sem ele em casa durante 3 horas do dia. Mas fui consolada pela certeza de que ele, sociável como é, ajustaria-se perfeitamente ao ambiente escolar e à nova rotina. E assim foi. E assim é. Ele está totalmente ajustado e adaptado.

IMG_5799

Este ano foi a vez do Dominic. Enquanto o Oliver é super sociável, Dominic já é mais tímido, tem medo de estranhos e é extremamente grudado comigo. Então imaginamos que o processo de mudança para a escola seria mais difícil para ele do que foi para o irmão. Engano. Já no primeiro dia ele entrou na sala e foi brincar. Nem olhou para trás quando demos tchau. Inacreditável. Ele gosta tanto de ir pra escola que muitas vezes chora quando vou buscá-lo e fala que não quer vir para casa. rs

Eles estudam na mesma escola, porém em salas diferentes.

Os dois frequentam uma escolinha Montessori. Nesse modelo de educação, a criança é incentivada a ser independente, tem liberdade de escolha quanto às atividades que executa em classe, pode se movimentar durante a aula, aprende a ser responsável pelos materiais que utiliza e, mais importante de tudo para nós, ela tem seu processo de aprendizado e desenvolvimento respeitado, o que permite a ela se desenvolver no seu próprio ritmo e tempo.

Tradição: almoço com o papai e a mamãe após o primeiro dia de aula.

Tradição: almoço com o papai e a mamãe após o primeiro dia de aula.

Vemos em casa, diariamente, como esse modelo de ensino foi a escolha acertada para nossos filhos. Os ganhos têm sido muitos e em diferentes áreas, principalmente no que diz respeito ao vocabulário, ao comportamento, aos modos e ao grau de independência deles. Além disso, eles amam ir para a escola, adoram os amiguinhos e nós gostamos muito das professoras e da equipe pedagógica.

Optamos por mantê-los em salas diferentes respeitando a avaliação da pedagoga e das professoras, que observaram que os dois têm comportamento de gêmeos, são muito apegados e quando juntos não gostam tanto de brincar com outras crianças, querem fazer as mesmas coisas e o Oliver interrompe suas atividades o tempo todo para ajudar o irmãozinho, o que  é uma tremenda responsabilidade para uma criança de 3 anos.

IMG_8242

Ao contrário do que pensamos a princípio, eles não têm sofrido com a “separação” e parecem felizes em suas respectivas classes. Afinal de contas, eles estão na mesma escola e isso que importa. O Oliver continua protetor. Quando o Dominic chora, por exemplo, ele vai até a sala do irmão para consolá-lo. E quando as duas turmas brincam juntas no mesmo playground durante o recreio, assim que se avistam eles saem correndo e dão um abraço bem forte. Acalenta o meu coração every single time. 🙂

Planejamos mantê-los nessa escola até o limite (7° ano ou middle school). Depois, veremos.

You Might Also Like

  • Mônica Zierer October 6, 2015 at 3:43 PM

    Que coisa mais linda esse amor entre eles, Lica. E o Oliver cuidando do Dominic deve ser uma fofura. Saudades de ler as tiradas do Oliver no FB. Mas não tenho mais muito saco para aquilo lá. Sempre que vc postar alguma coisa aqui, se você se lembrar, me avise. Virei, com certeza, ler seu post. Beijocas em e nos meninos.

  • Lúcia Soares October 6, 2015 at 6:52 PM

    Que lindos! É muito emocionante esse apego deles e ao mesmo tempo mostram-se autônomos, não “precisam” estar um com o outro, apenas “amam” estar um com o outro.
    Que bom se adaptarem bem à escola, já é uma grande ajuda para um bom aprendizado.
    Beijo neles.