Passeios e lazer

Programas de família

October 2, 2015

Estou com os posts das nossas viagens atrasados porque escrevê-los demanda tempo, o que eu não tenho agora, então enquanto eles não rolam, vou escrever uma sequência de posts sobre o que nós temos feito por aqui, começando por explicar como escolhemos nossos programas.

Costumamos fazer pelo menos um programa em família por semana. Faça chuva ou faça sol, frio ou calor. Claro que essa regra é flexível. Já aconteceu de não sairmos de casa por causa do mau tempo, porque um de nós estava doente ou simplesmente por estarmos sem pique para fazer nada. Afinal, ficar em casa morcegando também pode ser legal. Isso, no entanto, não acontece com frequência porque há sempre muita coisa interessante para fazermos fora casa. 😉

Nossa programação varia de acordo com a estação. Sim, porque aqui tudo é seasonal. No verão, viajamos. Muito. Para vocês terem uma ideia, do final de junho ao começo de setembro nós passamos apenas um final de semana em casa. De setembro a dezembro continuamos viajando, mas agora só uma vez por mês. Já de janeiro a maio, raramente viajamos. Hibernamos. Nossos programas típicos de inverno incluem brincar na neve, visitas a biblioteca local e a indoor playgrounds, além de comer fora. Porque nós amamos comer. rs

Viagens são importantes para nós, mas claro que fazemos mais do que isso. No verão, quando estamos por aqui, levamos os meninos no zoológico, fazemos piquenique no parque e churrascos em casa, montamos o pula-pula ou a piscina de plástico no quintal, vamos à praia de lago, vemos clássicos infantis no cinema local e visitamos petting farms, porque os meninos adoram os bichos da fazenda.

No outono (minha estação preferida) tem tanta coisa legal para se fazer por aqui que às vezes falta tempo. É a época de colher frutas na fazenda, dos festivais e das feiras artesanais de cidades pequenas, das abóboras, do Halloween, de tirar fotos da família e, claro, de celebrar o aniversário dos nossos filhos. É uma delícia de estação para as crianças e a gente curte junto com eles.

Como eu escolho nossos programas? Pesquisando no Google, em sites locais e em grupos de mães dos quais participo. Como Ann Arbor é uma cidade vibrante onde tem sempre algo rolando, nunca é difícil encontrar programas legais para a gente fazer nos fins de semana. Ainda assim, tento não restringir nossas opções apenas a Ann Arbor. Fico sempre de olho no calendário de eventos das cidades dos arredores e até de cidades mais distantes. Com tantas opções de passeios, eventos e lazer, muitas vezes temos coisas programas com semanas de antecedência.

Além dos programas em família, achamos indispensáveis os programas a dois. Ficamos um tempão sem ter date nights porque não nos sentíamos confortáveis em deixar os meninos com babás à noite. Nós damos muito valor à rotina de bedtime, aquela coisa de dar banho neles, ler historinha, colocá-los na cama. Felizmente encontramos alguém de confiança e aí pudemos voltar a ter nossas date nights, que invariavelmente envolvem cinema e restaurante. 😉

Os meses de outubro e novembro vão ser movimentados por aqui. Entre festas de aniversário, programas típicos da estação, feriados como Halloween e Thanksgiving, eventos locais e da escola dos meninos, e uma viagem para fechar o ciclo, o outono é sem dúvida uma estação cheia de coisas bacanas para fazer e que nós aproveitamos ao máximo.

Proporcionar a nossos filhos experiências de vida e qualidade de tempo em família é, para nós, mais importante que comprar uma montanha de brinquedos para eles. Claro que eles têm brinquedos, mas apenas o suficiente, principalmente se compararmos o que eles têm com outras crianças americanas, que tradicionalmente têm mais brinquedos do que são capazes de brincar.

Somos bastante controlados quanto a isso. Eles têm datas específicas para ganhar presentes e se entra um brinquedo novo, outro antigo é doado. Dessa forma, não acumulamos brinquedos velhos com os quais eles não brincam mais, ajudamos quem precisa e ainda economizamos uma graninha para gastar com passeios, viagens e experiências que eles vão carregar para o resto da vida.

You Might Also Like

  • Mônica Zierer October 6, 2015 at 3:50 PM

    Vou esperar você postar as fotos das viagens. Adoro ver lugares bonitos e cheios de vida, ainda mais com seus comentários sobre eles. rsrsrs…
    Bjs

  • Lúcia Soares October 6, 2015 at 6:58 PM

    Eliane, encanta-me ler sobre a vida de vocês, porque são muito conscientes do que é uma família, um lar. Coisa rara, hoje em dia, quando a maioria dos pais se renderam à tecnologia e as crianças das idades das suas já estão cheias de brinquedos tecnológicos! Vida em família, vida ao ar livre, são experiências para a vida inteira e só fará bem a eles.
    Beijo.